Escolha do berçário: 30 aspectos a observar

A escolha do berçário não é uma tarefa simples. Bebês e crianças até três anos possuem necessidades específicas em termos de segurança e saúde, afeto e acolhimento, e oportunidades de desenvolvimento e experiências adequadas. Mas, como avaliar tudo isso? Para ajudar as famílias, a diretora da Lumiar, Vânia Grecco, listou critérios importantes em cada um desses três aspectos fundamentais nessa faixa etária. Confira.

Segurança e saúde

 

Escolha do berçário: aspectos a serem observados

 

 

Bebês costumam ser exploradores, ousados, rápidos e imprevisíveis. Provavelmente vão colocar qualquer objeto na boca e não possuem ainda noção de perigo ao se movimentarem: rolam, sobem, escalam, debruçam… mesmo sob a supervisão atenta de um adulto. Por isso, os critérios de segurança, saúde e nutrição devem ser rigorosos e ir além da limpeza, bom senso e comida gostosa.

1. O prédio apresenta varandas e vãos protegidos?

2. O playground contém brinquedos para a faixa etária de seu filho?

3. A sala do sono possui o piso macio e antiderrapante?

4. As plantas são atóxicas?

5. Os móveis são à prova de tombamento, possuem acabamento arredondado e são feitos de materiais atóxicos?

6. Os brinquedos estão disponíveis, bem conservados e são grandes o suficiente para não serem engolidos?

7. Os funcionários que cuidam das crianças são treinados em primeiros socorros? Reciclam o curso periodicamente?

8. Qual a política do local com relação à permanência de crianças adoentadas?

9. A alimentação oferecida é composta na sua maioria de alimentos naturais, frescos, integrais e não industrializados?

10. O cardápio é variado e garante a exclusão de produtos como embutidos, conservantes e gordura trans?

Afetividade e Acolhimento

 

 

O desenvolvimento emocional sadio é construído no contexto das primeiras relações humanas que a criança estabelece na vida. Sendo assim, a relação do bebê com seus primeiros cuidadores é a peça chave para que ele cresça seguro, confiante e solidário. Já a percepção que um bebê tem de amor se refere à consideração e delicadeza como é tratado física e emocionalmente.

Do ponto de vista do pequeno, um educador amoroso é aquela constante na sua vida e que entende e atende com sensibilidade e prontidão às suas necessidades de alimentação, higiene, descanso, mobilidade e proteção. Nas escolas, para que isso aconteça, é preciso que o educador(a) seja emocional e fisicamente disponível. Isso só é possível se ele não tiver de cuidar de muitos bebês ao mesmo tempo dentro de uma rotina diária inflexível. Questões a serem consideradas na escolha do berçário:

11) Os grupos possuem adultos suficientes para que a proposta da escola seja realmente alcançada?

12) Existem formações constantes sobre a importância do vínculo afetivo?

13) Os educadores estão presentes e atuantes (como é esperado) em todas as etapas da rotina (banho, alimentação, trocas) das crianças de seu grupo?

14) Cada grupo possui um educador como referência?

15) A rotina do local é parecida com a que seu bebê está acostumado? Se não, como sugerem que seja feita essa transição?

16) Se necessário, a rotina diária do grupo é flexível para atender eventuais necessidades individuais?

17) O processo de adaptação do bebê e da família é individualizado e gradativo?

18) O respeito pelo bebê como indivíduo inteligente e único transparece na forma como é cuidado (hora do banho, trocas, alimentação como é colocado para dormir)?

19) Você poderá visitá-lo e aparecer quando quiser, sem aviso?

Oportunidades de desenvolvimento e experiências adequadas

 

 

Bebês e crianças pequenas aprendem sobre si mesmos, os outros e o mundo experimentando com os cinco sentidos. Bons materiais para a exploração da criança são aqueles seguros e que apresentam cores, texturas, cheiros, formas, sabores e sons variados, variando, sobretudo, em possibilidades de exploração.  Veja pontos importantes na escolha do berçário:

20) Os educadores possuem cursos específicos sobre desenvolvimento infantil?

21) Existe um instrumento de observação que oferece ferramentas avaliativas para nortear as habilidades que estão sendo desenvolvidas?

22) Os bebês quando estão acordados passam a maior parte do tempo livres explorando os materiais que envolvem as experiências propostas ou ficam presos em berços e “bebês conforto”?

23) Ver TV ou DVD (ambos desaconselhados) faz parte da rotina?

24) O ambiente disponibiliza (com acesso livre) uma variedade de brinquedos abertos (que podem ser usados de diversas formas criativas como cubos, instrumentos musicais, blocos, etc.)?

25) Com que frequência os educadores conversam e lêem para as crianças?

26) Os livros infantis da biblioteca são selecionados por sua qualidade de texto e ilustração?

27) As crianças recebem algum tipo de curso, aula ou exercício (tipos inadequados de atividade) específico em vez de propostas de atividades planejadas cuidadosamente de acordo com a faixa etária?

28) São oferecidas propostas de brincadeiras lúdicas e “mão na massa” (exploração sensorial com mãos e corpo)? Com que frequência dentro da rotina?

29) Existe um registro minucioso sobre as observações de cada criança para que seja desenvolvido seu potencial em sua individualidade?

30) Há uma pessoa responsável pela supervisão diária da equipe?

Escolha do berçário: ficou mais fácil?

 

Viu, só. Realmente não é simples escolher um berçário e toda família sabe que a confiança é a palavra-chave nesse momento. A dica é sempre verificar os aspectos de segurança, afetividade e intencionalidade pedagógica e, claro, perguntar tudo o mais que vier à mente. Sem filtros. Uma boa escola tem prazer em responder.

Seu filho é único e precioso. Lembre-se de que tudo o que você sonha para ele depende das habilidades que são estruturadas nos três primeiros anos de vida. A personalização é fundamental para que isso aconteça. Invista nesta fase determinante do seu filho!

Agende uma Visita


Receba nossa newsletter

Lumiar SP

Rua Dr. Fausto Ferraz, 64 – 74, Bela Vista – SP
+55 11 3170-4140 | +55 11 9 7176-0352
secretaria.sp@lumiaredu.com

Assessoria de imprensa: imprensa@lumiaredu.com